segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Horário de verão


A ideia de um "horário de verão" é creditada a Benjamin Franklin (1709-1790) que, por sinal teve sua ideia rejeitada à época. Em 1884 houve uma tentativa de uniformização dos padrões de medição de horas a nível mundial. Porém, só em 1916, em plena Primeira Guerra Mundial, os relógios alemães foram adiantados objetivando economizar combustíveis (no caso, o carvão). A partir da Segunda Guerra, com a repetição dessa medida, essa prática tem sido adotada nos meses de dias mais longos em vários países.


O Brasil é o único país equatorial a adotar o horário de verão, com a justificativa da economia de energia, da estabilidade do sistema elétrico.Segundo o ONS ( Operador Nacional do Sistema Elétrico), há uma demanda de energia (particularmente, por volta das 18 horas, horário em que as pessoas retornam aos seus lares, acendem os interruptores, ligam os chuveiros e aparelhos eletrodomésticos).Paralelamente a isso, aciona-se a iluminação pública, o que poderá gerar um impacto negativo na estabilidade do sistema.

Na verdade, há uma economia de energia (até 5%) nos estados da região sul, porque ela se localiza ao sul do Trópico de Capricórnio...Nos demais ( Sul, Sudeste e Centro-Oeste), o impacto incide mais na programação das emissoras de TV, que por seguirem o horário em vigor no Rio de Janeiro e São Paulo, gerou situações que já foram criticadas, principalmente no Acre, como por exemplo, a transmissão do Jornal Nacional à tarde ou a exibição de programas com faixa de censura etária mais cedo...

Faço parte de um grupo de pessoas que não se conforma com o horário de verão...Ontem começou mais um em meu País e meu corpo,hoje, já se ressente...Normalmente acordo cedo e durmo cedo, mas aquela horinha preciosa que me foi roubada,e que me faz levantar mais cedo do que o habitual me faz falta...Questiono a justificativa da economia energética: somos um País ensolarado, que se aproveite a energia solar!; há ventos constantes, que se aproveite a energia eólica! detemos a tecnologia do álcool enquanto forma de combustível: usêmo-lo! Soube que o bagaço de cana - um resíduo que normalmente é descartado - é uma riquíssima fonte de produção de energia a um custo baixíssimo...Porque mexerem no "meu" tempo????? rsrs

No ano passado o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, através do Decreto 6558, fixou datas fixas para o início e término do horário de verão. Ele começa a partir da zero hora do terceiro domingo de outubro e se estende até a zero hora do terceiro domingo de Carnaval...Esta medida vigora no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, minha querida Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, o que segundo os cálculos gerará uma redução de 4 a 5% no consumo de energia elétrica no horário de pico ao qual me referí, representando um economia de aproximadamente 2 mil megawatts.

Tentam me provar que tudo isso é muito significante...O que sei é que o "horário legal", como dizem os italianos(Ora legale), afeta o relógio biológico...e talvez ele seja esperado ansiosamente no Rio de Janeiro ensolarado e de lindas praias...Não me convencem! Sei que o bem comum se sobrepõe ao individual, mas será certo isso de mexer no tempo, mesmo que saibamos que os calendários são convenções? Bom, agora temos um decreto...há que se respeitá-lo; apenas usei esse meu espaço como um desabafo...

Transcrevo abaixo uma curiosidade: em 1931, na primeira edição do horário de verão em meu País, nosso grande Noel Rosa, então com 21 anos , compôs dois sambas que retratam essa novidade à época, O pulo da hora e Por causa da hora.


O pulo da hora (Que horas são?)

Eu venho agora
Saber a hora
Que o ponteiro está marcando
No relógio da Senhora.

Minha mulher
Sempre quer me dar pancada
Quando eu olho o mostrador
Do relógio da criada.
Eu já danado
Com intriga e com trancinha
Arranquei hoje o cabelo
Do relógio da vizinha.

Fiquem sabendo,
os senhores e as senhoras
Que o pai da minha pequena
Me manda embora às 10 horas.

Mas a pequena, que é sabida e muito sonsa
Com este pulo da hora
Já deu o pulo da onça.

Há muito tempo
Briguei com o batedor
Troquei de mal com as horas
Quebrei o despertador.

O meu relógio anda agora viciado
De tanto andar no meu bolso
Ele anda sempre atrasado.

“O meu relógio
É de ouro brasileiro,
Trabalha bem sem a corda,
Sem ter vidro nem ponteiro.

Em minha casa
Surgiu hoje uma briga:
Meu credor usa a moderna
E eu uso a hora antiga.

O carioca
Perdeu a calma e a paz:
A hora pulou pra frente
E a nota pulou pra trás.

Mas eu agora
Já gostei desse brinquedo,
Para me vingar da hora
Janto três horas mais cedo.

Por causa da hora

(Senhorita adiantou o seu relógio)

Meu bem
Veja quanto sou sincero
No poste sempre eu espero
Procuro bonde por bonde
E você nunca que vem
Olho, ninguém me responde
Chamo, não vejo ninguém.

Talvez seja por causa dos relógios
Que estão adiantados uma hora
Que eu, triste, vou-me embora
Sempre a pensar porque
Não encontro mais você?
Terei que dar um beijo adiantado
Com o adiantamento de uma hora
Como vou pagar agora
Tudo o que comprei a prazo
Se ando com um mês de atraso?

Eu que sempre dormi durante o dia
Ganhei mais uma hora pra descanso
Agradeço ao avanço
De uma hora no ponteiro:
“Viva o Dia Brasileiro!"

Um comentário:

professora maria lopes disse...

Querido DIOS


la amiga a quien envío este email y se encuentra leyéndolo

es bella, con estilo, prudente, emprendedora, cariñosa

y Fuerte,

es la niña de tus ojos

y la quiero mucho.

Ayúdala a vivir su vida al máximo.

Por favor promuévala

y haz que ella sobresalga

encima de sus expectativas.

Ayúdala para que dé su brillo

en los sitios más obscuros

donde es imposible gustar.

Protéjala en cualquier momento,

levántala encima de todo

cuando ella lo necesite más,

y avísale que cuando ella camina contigo .

Ella siempre será Bendecida,

y estarà salva en tus manos.

Amèn.

Amate amiga!!!!nunverpe